Teorema do Macaco Infinito

São Paulo se recusa a jogar no México

Posted by Paulo Artur em maio 8, 2009

Depois de toda a confusão sobre onde seriam a partidas entre São Paulo e Chivas Guadalajara e Nacional/URU e San José, válidas pelas oitavas de finais da Libertadores, com as recusas de Colômbia e Chile de abrigarem a partida e os boatos de que poderiam ser realizadas em Los Angeles, Houston ou mesmo Coritiba, a Conmebol resolveu agora – indo contra o fato da OMC ter elevado a emergência a nível 5, realizar ambas partidas no México.

Tanto o Nacional/URU quanto o São Paulo se recusaram a jogar lá.  Segue abaixo, o ofício enviado à Conmebol pelo time do São Paulo:

oficioconmebol001-1oficioconmebol002-1oficioconmebol003-1

Nada contra o México, até porque a dengue já matou bem mais do que a Gripe Suína, mas realizar uma partida no México agora seria pedir para ter mais problemas. O melhor no caso seria jogar em outro país e esperar a poeira baixar um pouco, já que o pânico, até agora, está sendo pior que a epidemia em si.

Fonte: http://www.gdmtricolor.com.br/?p=23295

Anúncios

Posted in ESPORTES | Etiquetado: , , , , | Leave a Comment »

Da coleção “O que aconteceria se Paulo fosse o Super-Homem?”:

Posted by Paulo Artur em maio 8, 2009

Fail

INVULNERABILIDADE FAIL!

Posted in Uncategorized | 2 Comments »

Enquanto isso, em Secret Invasion: Dark Reign…

Posted by Paulo Artur em maio 8, 2009

Secret Invasion Dark Regin 01

Posted in Uncategorized | Leave a Comment »

As principais reclamações dos fãs na trilogia O Senhor dos Anéis

Posted by Paulo Artur em março 17, 2009

Ontem, eu estava falando com dois colegas que os fãs mais tolkienianos do Senhor dos Anéis, na época dos filmes, esculhambaram os filmes apontando diversas discrepâncias, distorções, infidelidades, descaracterizações e outras coisas. Como Senhor dos Anéis é, hoje, um modelo de adaptação bem-sucedida, talvez ninguém se lembra das brigas e xiliques dos fóruns. Eu ainda não encontrei, na verdade nem procurei, as resenhas da época (teve sites dedicados aos fãs de Tolkien que chegavam a enumerar cada cena não descrita nos livros como “infidelidade”), mas aqui vão algumas das principais reclamações que eu lembro:
A Sociedade do Anel
– A união do Pippin e Merry ao Sam e Frodo extremamente forçada e até sem sentido.
– Transformação do Pippin em alívio cômico imbecilóide.
– O Boromir dava na cara muito fácil de que iria ser corrompido, a ponto de não causar empatia com o espectador.
– O casal Aragorn e Arwen ficou muito escancarado.
– A cena da Arwen no lugar do Glorfindel.
– Aragorn deveria ser mais moreno e Legolas teria cabelos escuros* no livro.  (*Não encontrei nenhuma indicação disso no livro, pode ser que o fã xiita tenha confundido com o Boromir, cuja descrição é feita logo em seguida e este, sim, tem cabelos escuros).
– Galadriel parecendo mais uma bruxa quase vilanizada.
– Aragorn ter deixado o Frodo partir sozinho para Mordor.
– A importância supostamente exagerada do Aragorn. Como um disse “A mensagem do livro original é até mesmo as menores criaturas seriam capazes dos mais grandiosos feitos, enquanto a mensagem deste filme é até mesmo as menores criaturas, se forem ajudadas por um cara fodão e metido a galã de cinema, seriam capazes dos mais grandiosos feitos.“.
– Cadê a Anduril?
As Duas Torres
– Transformação do Gimli em alívio cômico.
– A personalidade do Faramir ser descaracterizada com ele “malvado”.
– Atitude, supostamente, sem sentido dos Cavaleiros de Rohan liderados pelo Éomer. No livro, eles passam páginas e mais páginas discutindo com o trio do Aragorn até confiarem neles. No filme, foi tudo tão rápido que um resenhista brincou que o Éomer deveria ter dito “Muito bem, forasteiros, eu não conheço vocês e nem confio em vocês, além de estarmos em tempos de guerra, mas estão aqui dois cavalos que temos sobrando e tomem que agora é de vocês.
– Elfos no Abismo de Helm. Esse foi o quesito em que os fãs mais bateram. Como disse um resenhista da época (a partir de agora, sempre que eu colocar uma frase em aspas é algo que eu li em fóruns e sites tolkienianos na época ou depois) “Peter Jackson transformou a Última Aliança na Penúltima Aliança“. Os fãs reclamam porque, supostamente, ia contra uma das principais características da obra que é o cansaço dos elfos em viverem na Terra Média.
– Gandalf macumbeiro exorcizando o Theoden.
– Legolas excessivamente fodão. “De quem é a culpa do Gandalf exorcista? E do Faramir do mal? E do Legolas snowboarder radical? Peter Jackson!!!
– A personalidade do Theoden e do Barbavore sendo hesitante quase a beira da covardia para aumentar a importância do Aragorn, Pippin e Merry.
– Terem colocado o nome de um dos maiores reis da história de Rohan, Brego, no CAVALO do Aragorn. O cavalo se chamava Hasufel no livro. O problema não foi a troca do nome do cavalo, mas o fato de que alguns fãs acharam que pôr o nome do filho de Eorl, que construiu Meduseld, em um cavalo foi meio sem propósito.
– A “morte” de mentirinha do Aragorn. Como até brincou o Jovem Nerd, na versão resumida das Duas Torres, Theoden: “Onde está lorde Aragorn?“;   Eowyn: “Foi levado.“; Theoden: “Por quem?“;  Eowyn: “Peter Jackson“.
– A ausência do desafio do Aragorn no final da batalha do Abismo de Helm. “Eles poderiam ter cortado os elfos, cortado as cenas da Arwen, cortado até mesmo a entrada do Scadufax, mas não poderiam cortar o desafio do Aragorn. Foi o golpe psicológico que decidiu aquela batalha!“.
– Cadê a Anduril?
– Aliás, dá uma olhada na versão resumida das Duas Torres lá no site do Jovem Nerd. Eles zoam com as principais infidelidades.
O Retorno do Rei
– Ausência dos Dunedain, dos filhos do Elrond, do Principe Imrahil e outros personagens que apareceram apenas no terceiro livro.
– A vida da Arwen estar dependente do destino do Um Anel. O momento mais WTF? da trilogia para alguns fãs.
– Importância exagerada dos Mortos.
– Legolas excessivamente fodão. (Sim, teve fãs que reclamaram da cena do Olifante…)
– Excessiva vilanização do Denethor e uma descaracterização de sua morte. “Em vez do Denethor se suicidar, ele foi assassinado pelo Scadufax“.
– Personagens aparecendo aparentemente sem razão de ser em alguns momentos. “E então Gandalf, carregando Pippin consigo Peter-Jackson-sabe-lá-porque, parte para o resgate das tropas de Faramir“.
– Aragorn chegou com os fantasmas, venceu a batalha e tomou conta do pedaço sem ninguém reclamar, sem ninguém questionar, sem ter nem que dizer que era o herdeiro de Elendil. Os fantasmas foram mais exigentes que os gondorianos.

Por enquanto, eu só lembro dessas por alto. Depois eu procuro mais. Eu editei algumas, pq, convenhamos, o fã sério de Senhor dos Anéis que reclama da ausência do Tom Bombadil merece um pedala na cabeça pra largar mão de ser xiita… Agora, tão legal quanto as reclamações dos fãs, eram os boatos e os medos dos fãs antes dos filmes:

– Participação da Arwen na batalha do Abismo de Helm e que ela acompanharia a Sociedade a partir dali. Alguns até se recusavam a chamá-la de Arwen, rebatizando de Xenarwen.
– Peter Jackson chegou a dizer que Sauron apareceria na batalha no Portão Negro e enfrentaria Aragorn, pois “seria estranho uma trilogia onde o grande vilão não aparece em nenhum momento”. Os fãs caíram matando e a cena não apareceu. Há quem diga, embora eu não tenha lido nada confirmando, que o Troll que quase mata o Aragorn na batalha foi uma reedição da cena, colocando o Troll no lugar do suposto Sauron. Eu vou ver se encontro a matéria do Omelete em que o Peter Jackson fala sobre isso.
– Não-fãs de Tolkien e Babacas em Geral enchendo o saco para que mudassem o nome das “Duas Torres”, alguns acusando o Peter Jackson de estar querendo se aproveitar para faturar em cima dos atentados de 11 de setembro e da associação com o World Trade Center e outros dizendo que eram para “proteger” as pessoas mais “sensíveis”. Em entrevista, Peter Jackson disse que isso foi um trote em que alguns veículos de comunicação caíram.
– Em entrevista, Peter Jackson disse que, durante a produção do filme, a pergunta mais esdrúxula que um fã fez a ele foi se era mesmo verdade que ele transformaria o Sam Gamgi em “Samantha”, para que fosse possível fazer um casal entre ele e o Frodo…

Para encerrar, duas curiosidades sobre tentativas anteriores de se fazer adaptações do Senhor dos Anéis.

– Os Beatles queriam fazer um filme do Senhor dos Anéis! Com John Lennon como Gollum! Boatos diziam que até queriam Stanley Kubrick como diretor…
– Tolkien recusou que fizessem uma adaptação do livro depois que viu desenhos da produção em que os orcs usavam penas de galinhas (!) e um produtor disse a ele “Tem Hobbit demais nessa história! Devíamos matar uns dois ou três!“.

Posted in CINEMA E SERIADOS | Etiquetado: , , | 1 Comment »

Desculpem pelos transtornos

Posted by Paulo Artur em dezembro 9, 2008

atgaaaaymk1l2awa7wyly5zlqo4dk4ymc0z5q0prwrqff1g1zlqht2zaf4sgl2luohc9w02eerzxttiuppi4p5eqlgcgajtu9vdml3rqylydrviqvrvnpa-5okkxxg

Posted in ESPORTES | Etiquetado: , , | Leave a Comment »

A solução para a Crise

Posted by Paulo Artur em dezembro 7, 2008

Espera-se que Lula, Bush, Obama e os outros não percam esta opotunidade de acabar com a Crise o quanto antes…

Solução para a Crise

Fonte: http://fabioseixas.folha.blog.uol.com.br/arch2008-11-30_2008-12-06.html

Posted in OUTROS | Etiquetado: , | Leave a Comment »

Frase do Dia

Posted by Paulo Artur em dezembro 7, 2008

A mesma coisa que fazemos todas as noites, Pinky… Tentar dominar o mundo!

Cérebro, do desenho Pinky e Cérebro. Sem mais comentários…

“The same thing we do every night, Pinky… try to take over the world.”

Posted in Frases do Dia | Etiquetado: | Leave a Comment »

O dia em que a Terra parou

Posted by Paulo Artur em dezembro 6, 2008

poster

Um dos principais lançamentos deste fim de ano será a refilmagem do clássico O dia em que a Terra parou (The day the Earth stood still), de 1951.

O original narrava a história do alienígena Klaatu, que pousava na Terra junto com o robô indestrutível Gort para trazer uma mensagem pacifista aos terráqueos, com um ultimato para que eles parassem com a corrida armamentista e as guerras (na época, a Guerra Fria e a paranóia anti-comunista estava começando a atingir o ápice), fato esse que já estava preocupando os seres de outros planetas.

Esse filme também ficou conhecido pela clássica frase “Klaatu barada nicto”.

A refilmagem atual conta com a direção de Scott Derrickson e tem Keanu Reeves como Klaatu. Jennifer Connelly e Kathy Bates também integram o elenco.

O filme estreiará nos Estados Unidos dia 12 de dezembro. Aqui no Brasil, a estréia ocorrerá dia 9 de janeiro.

Abaixo, o trailer do filme:

Posted in CINEMA E SERIADOS | Etiquetado: , , , , | Leave a Comment »

Divulgada foto de Gambit em X-Men Origins: Wolverine

Posted by Paulo Artur em dezembro 6, 2008

gambit

A revista Empire publicou uma matéria com novas fotos do filme X-Men Origins: Wolverine e, dentre as fotos, está a primeira aparição de Gambit, que será interpretado por Taylor Kistch.

Essa será a primeira aparição cinematográfica do mutante cajun, um dos mais populares entre os fãs de X-Men e que já apareceu em outras mídias, como o desenho animado dos X-Men nos anos 90, o jogo Marvel Vs. Capcom, dentre outros.

X-Men Origins: Wolverine estreiará em 1 de maio de 2009. Um trailer novo será lançado em 12 de dezembro, junto com a estréia de O dia em que a Terra parou.

Posted in CINEMA E SERIADOS | Etiquetado: , , | Leave a Comment »

Heroes: Anunciada a data da estréia do 4º volume

Posted by Paulo Artur em dezembro 6, 2008

heroes-season-3-peter-wallpaper-big

O quarto volume da série Heroes, que terá o nome Fugitives, será iniciado a partir do capítulo 14 da atual temporada e terá um total de 12 capítulos. Segundo a rede NBC, Fugitives estreará no dia 2 de fevereiro de 2009, dando sequência aos acontecimentos do atual volume, Villains.

Atualmente, a terceira temporada de Heroes está sendo um fracasso de crítica e público. Aliás, Heroes está em uma curva decadente desde o final da primeira temporada (que foi decepcionante e anti-climático) e teve uma segunda temporada fraquíssima. A terceira não conseguiu levantar muito o enredo, repetindo diversas situações e criando alguns erros de continuidade.

O fracasso da terceira temporada até foi a causa da demissão de dois dos produtores da série recentemente e do retorno de um dos roteiristas da primeira temporada, Bryan Fuller, que começará a trabalhar a partir do capítulo 20 da atual temporada.

Posted in CINEMA E SERIADOS | Etiquetado: | Leave a Comment »

Frase do dia

Posted by Paulo Artur em dezembro 6, 2008

Seu suposto Kung fu é realmente patético!

Pai Mei, em Kill Bill 2, detonando as habilidades de Beatrix Kiddo, pouco antes de começar o treinamento dela. Também poderá ser um dia a frase proferida por Paulo, depois que ele levar uma surra de alguém e quiser tentar sair como se tivesse vencido…

Posted in Frases do Dia | Etiquetado: , , | Leave a Comment »

Hoje é dia de Nerdcast

Posted by Paulo Artur em dezembro 5, 2008

Toda sexta-feira é publicado o podcast do site Jovem Nerd, o Nerdcast, e um dos melhores podcast da internet na atualidade.

E o assunto de hoje é 1ª Guerra Mundial.

Clique aqui para acessar o site deles e baixar o MP3.

Posted in INFORMÁTICA | Etiquetado: , , | 1 Comment »

O final de Secret Invasion

Posted by Paulo Artur em dezembro 5, 2008

Atenção, SPOILERS

*

*

*

*

*

*

*

*

*

*

*

Quarta-feira passada foi lançada nos Estados Unidos a última edição da (decepcionante) saga Secret Invasion.  A série contava a história da invasão dos alienígenas Skrulls na Terra, após anos de planejamento e, após, sete edições de enrolação e lutas-para-fanboy-ver, a oitava edição mostrou o anti-climático final da série.

Os skrulls, obviamente, perdem a batalha e a Rainha Skrull é morta por um tiro dado por Norman Osborn. A única baixa do lado dos heróis é a heroína Vespa, morta após tornar-se uma arma biológica de último recurso dos skrulls.  Além dela, o filho de Luke Cage e Jéssica Jones foi raptado pelos invasores.

Todos os heróis que haviam sido substituídos pelos skrulls voltam são e salvos. A lista inclui Elektra, Mulher-Aranha, Hank Pym, Raio Negro e até a Harpia, personagem que morreu muito antes da trama de Secret Invasion começar.

Dentre as consequências da saga, está o desmantelo da SHIELD e a queda de Tony Stark, que perdeu a fortuna, o cargo como diretor da SHIELD e agora está sendo caçado como inimigo público número um.

O cargo de líder da Iniciativa ficará com Norman Osborn (para quem não sabe, ele é o Duende Verde original, assassino de Gwen Stacy e atual líder dos Thunderbolts). Ele faz parte do grupo secreto Dark Iluminatti, do qual também fazem parte Dr. Destino, Namor, Emma Frost, Loki e Capuz.

Dentre as revistas que serão lançadas agora, a partir do evento de 2009 – Dark Reign – estão Dark Avengers, Secret Warriors e Spider Woman – Agent of SWORD.

Uma análise mais criteriosa dos erros e defeitos de Secret Invasion serão postadas em breve.

Posted in LITERATURA GRÁFICA | Etiquetado: , , , | Leave a Comment »

Static estréia no Universo DC

Posted by Paulo Artur em dezembro 5, 2008

static

O personagem Static, mais conhecido no Brasil como Super-Choque, estreiará nas páginas da DC Comics e no Universo DC regular na revista Terror Titans 3. Ele, originalmente, foi criado para o Universo Milestone, do selo Milestone – um selo fundado por diversos artistas negros norte-americanos em meados da década de 90 e publicados pela DC Comics. Dentre todos os personagens, Static foi o que fez maior sucesso, inclusive estrelando uma série própria de desenhos animados, que passou na TV aberta brasileira pelo SBT com o nome Super Choque. A série durou várias temporadas e contou com a participação de personagens da DC Comics, como Batman, Robin e Coringa. Além disso, Static também apareceu em alguns capítulos de outras séries animadas, tais como Liga da Justiça Sem Limites.

A estréia de Static no Universo DC regular faz parte do plano da DC de absorver os personagens que integravam o selo Milestone (além da entrada de Static, que futuramente será integrante dos Novos Titãs, os demais personagens da Milestone aparecerão na revista Justice League of America 27, que é roteirizada por Dwayne McDuffie, fundador do selo Milestone e roteirista da série animada Liga da Justiça Sem Limites) e da antiga editora Archie (estes personagens aparecerão na revista The Brave and the Bolt, roteirizada por J. M. Straczynski).

Posted in LITERATURA GRÁFICA | Etiquetado: , , , , , , , | 2 Comments »

Frase do dia

Posted by Paulo Artur em dezembro 5, 2008

Você tinha todo o direito de se tornar o Flash. Não foi o que eu fiz? Acabei de lembrar de meu primeiro encontro com Jay Garrick. Eu fiquei apavorado. Ele foi o Flash original, o meu ídolo. Quando todo mundo o considerava morto, eu não só roubei o codinome dele, como alterei o seu uniforme. Além disso, fui exaltado pela mídia em pouco tempo. Todos diziam que eu era bem mais rápido que o Jay. Que minhas proezas, e os vilões que eu combatia, me tornavam muito superior. Jamais vou esquecer como isso pesou na minha consciência quando eu o conheci. Achei que ele estaria magoado. Isso me deixou chateado. E envergonhado. Mas, depois que resolvemos um caso juntos, Jay me deu uma longa e silenciosa encarada… e sabe o que ele disse? “Como é, filho? Vai dizer na minha cara que agora você é o Flash?”… “Que alívio! Eu enfim posso descansar!”
Barry Allen, na edição Flash V.2 # 149, conversando com o seu sobrinho Wally West, o atual Flash, ao descobrir que este o havia sucedido no presente. Para efeito de nota, Barry Allen, o segundo Flash, morreu na saga Crise nas Infinitas Terras, de 1986, e foi sucedido pelo seu sobrinho Wally West, que até então era o Kid Flash. Nesta edição, Wally acabou reencontrando o seu tio meses antes dele morrer durante uma viagem no tempo. Este pequeno monólogo de Barry funciona como uma verdadeira passagem de bastão, mostrando que Wally era um sucessor digno e Barry poderia descansar em paz no céu dos personagens irressucitáveis, junto com o tio Ben e os pais de Bruce Wayne. E é esse que deveria ser o verdadeiro lugar de Barry Allen. Morto! MORTO!

Posted in Frases do Dia | Etiquetado: , , , | Leave a Comment »

Frase do dia

Posted by Paulo Artur em dezembro 4, 2008

À longo prazo, entenda, nada disso importa. Eu vi o paraíso, Dowling. E ele não é um lugar no qual você exerce qualquer tipo de poder. À longo prazo, somos todos efeitos colaterais tridimensionais em um universo bidmensional existindo em uma plataforma multidimensional.

Elijah Snow, protagonista da série Planetary ao propor uma reunião com o seu arquirival Randall Downling… Definitivamente, esse foi um momento WTF para mim… Resta uma última edição, a número 27, para que Planetary se encerre. Warren Ellis disse já ter terminado o roteiro no início de 2007 e estão dependendo apenas da boa vontade de John Cassaday de desenhar… A previsão é que a revista saia em 2009.

Posted in Frases do Dia | Etiquetado: | Leave a Comment »

Sem atualizações hoje…

Posted by Paulo Artur em dezembro 3, 2008

Devido a alguns problemas de ordem pessoal, não haverá atualizações hoje. As matérias programadas para hoje serão postadas amanhã, junto com as Miscelânias.

Desculpem o transtorno.

Posted in Uncategorized | Leave a Comment »

Frase do dia

Posted by Paulo Artur em dezembro 3, 2008

Ash nazgh durbatulûk,

Ash nazgh gimbatul,

Ash nazgh thrakatulûk,

Agh burzum-ishi krimpatul
As inscrições existentes no Um Anel na Língua Negra de Mordor, que, revertidas ao português, estaria assim
Um Anel para a todos governar,
Um Anel para encontrá-los,
Um Anel para a todos trazer,
e na Escuridão aprisioná-los

Posted in Frases do Dia | Etiquetado: , , , | Leave a Comment »

Barack Obama e o problema de ordenar 1 milhão de elementos

Posted by Paulo Artur em dezembro 2, 2008

Durante a campanha eleitoral americana, Barack Obama foi perguntado sobre de tudo um pouco. Até sobre qual a maneira mais eficiente de se ordenar uma lista com um milhão de elementos…

Ele pode não saber o algoritmo mais eficiente, mas pelo menos sabe que o Bubble Sort, com certeza, é a que traria mais dor de cabeça… rsrsrsrs….

Agradecimentos ao Laílson, por ter me indicado o vídeo.

Posted in INFORMÁTICA | Etiquetado: , | 1 Comment »

Diretor de Zelda diz que só se aposentará quando superar Ocarina of Time

Posted by Paulo Artur em dezembro 2, 2008

Eiji Aonuma, diretor de vários jogos da série Zelda, disse em uma entrevista que só se aposentará quando conseguir criar um jogo capaz de superar sua obra-prima, The Legend of Zelda – Ocarina of Time.

Ele deu a seguinte declaração: “Eu sou muito feliz que um título no qual trabalhei há vários anos permaneça considerado um dos melhores games já feitos até hoje. Mas isso também mostra como nenhum dos outros games da série Zelda conseguiram superá-lo. Como eu ainda estou trabalhando na série, tenho sentimentos conflitantes a esse respeito. Já que não consegui fazer algo melhor, não posso desistir. Pode parecer uma surpresa, mas essa motivação pode ser a única razão pela qual continuo trabalhando em Zelda.

Para se ter uma idéia do nível de dificuldade que é superar Ocarina of Time, esse jogo está na lista dos melhores jogos de todos os tempos de todas as principais revistas especializadas em game do mundo, estando em primeiro lugar muitas destas. Além de ter recebido, no ano de seu lançamento, os seguintes prêmios da Academy of Interactive Arts & Sciences:

* Game of the Year (Melhor jogo do ano)
* Outstanding Achievement in Interactive Design (Excelência em design interativo)
* Outstanding Achievement in Software Engineering (Excelência em engenharia de software)
* Console Game of the Year (Melhor jogo do ano para consoles domésticos)
* Console Adventure Game of the Year (Melhor jogo de aventura para consoles domésticos)
* Console RPG of the Year (Melhor jogo de RPG para consoles domésticos)

Embora eu ainda prefira o A Link to the Past, devo admitir que Ocarina of Time não perde em quase nenhum aspecto. Só muito díficil para Eiji Aonuma conseguir até mesmo bolar um enredo que supere o deste, afinal Ocarina of Time fala sobre o começo e sobre o primeiro Link. O que poderia superar isso? Um suposto “último” Link? O jeito é ficar no aguardo e esperar os próximos Zeldas.

Fonte: Omelete

Posted in INFORMÁTICA | Etiquetado: , | Leave a Comment »